terça-feira, 1 de dezembro de 2020

O fim da maior feira de imagem do mundo, a Photokina!

Os organizadores da Photokina anunciaram o fim da feira após 70 anos de história.


Após adiar a edição de 2020, para 2022, agora os organizadores bateram o martelo: a Photokina está suspensa indefinidamente.

A Photokina era a maior e mais tradicional feira do setor de imagem no mundo, mas as mudanças impostas pelas novas tecnologias parece que a fizeram se perder pelo caminho, em um momento em que a indústria e o setor de eventos vem sofrendo fortemente, parece que a organização não soube se adaptar.

Como a própria organização declarou: "O que resta são as memórias tremendas - e as imagens de muitas gerações."

Leia o comunicado oficial:


Photokina será suspenso até novo aviso
Após 70 anos, quedas no mercado de imagem forçam um corte rígido

Em vista do declínio ainda maior nos mercados de produtos de imagem, a Koelnmesse decidiu interromper a organização da photokina em sua unidade de Colônia por enquanto. "Infelizmente, no momento, as condições estruturais da indústria não fornecem uma base viável para a feira líder internacional de fotografia, vídeo e imagem", de acordo com Gerald Böse, presidente e diretor executivo da Koelnmesse. “Este corte difícil depois de uma história compartilhada de 70 anos foi muito difícil para nós. A tendência neste setor, com a qual sempre tivemos uma parceria estreita e de confiança, é muito doloroso para testemunharmos. Mas estamos enfrentando a situação com uma decisão clara e honesta contra a continuação deste evento, uma decisão para a qual, infelizmente, não temos alternativa. "

Mesmo antes do início da pandemia do coronavírus, o mercado de imagem já estava sujeito a fortes convulsões, com quedas anuais na casa dos dois dígitos. O ímpeto nessa direção intensificou-se maciçamente em 2020, relatando mais recentemente um declínio na faixa de 50 por cento. Recentemente, esses desenvolvimentos tiveram um efeito profundo na photokina, que - em Colônia desde 1950 - por gerações foi o endereço principal para a indústria de imagem e está classificada entre as marcas mais favoráveis ​​e emocionalmente carregadas no mundo das feiras de negócios.



Desde 2014, a Koelnmesse, junto com a Associação Alemã da Indústria Fotográfica, seguiu as tendências de queda do mercado, respondendo com ajustes ao conceito subjacente da feira, bem como um investimento considerável em novos segmentos de expositores e visitantes. "Essas mudanças no projeto conceitual, junto com uma mudança nos intervalos e nas datas, não melhoraram fundamentalmente a situação do evento", disse Oliver Frese, membro do Conselho de Administração e COO da Koelnmesse. "Embora haja mais fotos tiradas hoje do que nunca, a integração da fotografia e da videografia para smartphones, juntamente com a comunicação baseada em imagens, por exemplo, via mídia social, não foi capaz de amortecer a eliminação de grandes segmentos do mercado clássico. Como resultado , a situação geral não é compatível com os padrões de qualidade da photokina como uma marca de renome mundial que representa a mais alta qualidade e profissionalismo no mercado internacional de imagem. "

A Koelnmesse tomou sua decisão em estreita coordenação com a Associação Alemã da Indústria Fotográfica. Kai Hillebrandt, presidente dessa associação, comentou: "Nossos parceiros em Colônia fizeram tudo ao seu alcance para manter a photokina como a feira comercial líder global. No entanto, um evento realizado em 2022 não poderia ter atendido às expectativas de toda a comunidade de imagem que esses esforços tinham como objetivo servir. É por isso que nós, em nome de nossa associação, estamos nos juntando a eles para dar esse passo lamentavelmente inevitável. Gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para agradecer à equipe em Colônia pelos incríveis 70 anos juntos! "





Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Alem do Olhar - Fotografia. - Powered by Blogger - Traduzido Por: - Templates Para Blogspot