22 abril 2014

A evolução da câmera com foco via software.

Lytros apresenta novo modelo de câmera com foco via software de olho em fotógrafos avançados.


Em 2011 a empresa Lytros anunciou sua primeira  Light Field Camera (também conhecidas como Câmeras Plenópticas, ou câmeras de campo luminoso), leia aqui. O sistema promete capturar todos os detalhes da cena fotografada e o foco pode ser selecionado posteriormente no software que processa a imagem gerada pela câmera.

O lançamento causou certo barulho (leia aqui), mas o produto parece não ter convencido muito no mercado da fotografia, sua participação ainda é bem pequena. Mas a empresa pretende  mudar isto com o lançamento de seu novo modelo, mirando em um publico mais exigente ela lança a versão high-end a Lytro ILLUM.

Com um design bem interessante, lembrando modelos reflex com um ar mais moderno e até futurista, ela promete causar barulho novamente, mas veremos se o objetivo de atrair fotógrafos mais avançados poderá fazer a "revolução na fotografia " prometida em 2011.

Com preço inicial  de 1.499 dólares, a tarefa será difícil em um mercado tão concorrido.


Veja os detalhes divulgados no site da Lytros (tradução via Google translator):

Nós, seres humanos. Sempre olhando para a frente ou olhar para trás. Raramente no momento. É por isso que o advento da fotografia parecia tão mágico para nós. Poderíamos capturar o tempo. Tempo do passado. Mas e se pudéssemos permanecer no momento? E se pudéssemos explorar um quadro vivo?
Apresentando Lytro ILLUM, a primeira câmera high-end que utiliza a força de campo de luz - capturando a direção, a cor e o brilho dos raios de luz dentro do quadro. Isso significa que a capacidade de explorar suas fotos a partir de diferentes perspectivas, pontos focais e dimensões.
A nova era da fotografia chegou. Agora, com Lytro ILLUM, nada está em seu caminho de contar uma história mais profunda, verdadeiramente captar a vida sob uma luz diferente.

Características do produto:

SENSOR

Capturar UMA Imagem Mais profunda.
40 Sensor de Megaray Personalizado da Lytro ILLUM, com Tecnologia de matriz de microlentes patenteada da Lytro, desbloqueia um capacity de Capturar uma cor, Intensidade e Direção dos Raios de luz Opaco leito fluidizado parágrafo uma câmera. Isto É permite-LHE CRIAR IMAGENS los UMA Tela Realmente experiencial. Ao Capturar e aproveitar o Poder fazer campo de luz, sistema operacional Fotógrafos PODEM retratar Localidade: Não apenas hum corte transversal da Realidade, mas UMA Autêntica Janela Interativa los Seu Mundo.

LUZ CAMPO ENGINE 2.0

Maiores fotos, o Processamento Mais Rápido.
Poderoso Software na câmera fazer Lytro ILLUM fornece um feedback em Tempo real, permitindo Dramática Composição de Cada Tiro.
Com capacity de Processamento de classe tablet, Lytro ILLUM DA-LHE UM Conjunto Avançado de Controles de Reprodução permitem that that Você. visualizar como DIMENSÕES de Cada Imagem Direto na câmera.

LENTE

Tudo o Que Você  Precisa apenas UMA lente.
O zoom óptico de 30-250mm lente Equivalente 8x incrivelmente versátil com focal UMA Abertura f/2.0 Constante e 01:03 macro permite Opaco Você. leve UMA Ampla gama de tiros SEM ter Opaco se mudar uma lente SUA. E, com SUA lente Incomparável Pesando apenas Meio quilo, Lytro ILLUM LHE Dá Controle fotográfico Preciso com hum projetar excepcionalmente leve e Ágil.


LYTRO BOTÃO

Componha SUAS fotos de UMA Maneira nova.
Durante uma Captura de Imagens de UMA Exposição de realimentação Profundidade Interativo Mostra o Foco los Relação de Todos os Objetos não Quadro, permitindo Composição los Tres DIMENSÕES. A-codificados POR núcleos em Tempo real, sobreposição da visualização image Ao Vivo permite Opaco Você. Saiba cais Quais d'Orsay OS Elementos Imagem da estao Dentro da Faixa re-focalizável.

CONECTIVIDADE

A Câmera possui Portas principais de Conectividade parágrafo OS Fotógrafos parágrafo trazer Lytro ILLUM los Seu Fluxo de Trabalho: porto fazer Externo obturador, Sapata, Tripé, slot e bateria removível de para Cartão SD.

Mai informações no site do fabricante.

14 abril 2014

Regulamentação da profissão de fotógrafo será definida pelo Senado

Projeto que regulamenta a profissão de fotógrafo tem nova aprovação e dá mais um passo para virar lei.

José Cruz/Agência Brasil

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados garantiu mais um passo para que a regulamentação do exercício da profissão de fotógrafo vire lei, ao aprovar em decisão terminativa a proposta apresentada para proteger os profissionais do setor. O texto segue agora para o Senado, onde haverá a última votação da proposta.

O projeto, aprovado na última terça-feira (8), descreve o fotógrafo como o profissional que, com o uso da luz, registra imagens estáticas ou dinâmicas em material fotossensível ou meios digitais, com a utilização de equipamentos óticos apropriados, seguindo processo manual, eletromecânico ou de informática, até o acabamento final.

De acordo com a proposta, poderão exercer a profissão as pessoas com formação em fotografia no ensino superior ou no ensino técnico; e também os não diplomados que, à data da vigência da nova lei, tenham exercido a profissão por, no mínimo, dois anos. No último caso, é necessária uma declaração de entidade de classe, além de recibos dos serviços prestados.

Pelo projeto, a atividade profissional do fotógrafo compreende a fotografia feita por empresa especializada, inclusive em serviços externos; a fotografia produzida para ensino técnico e científico; a fotografia produzida para efeitos industriais, comerciais ou de pesquisa; a fotografia produzida para publicidade, divulgação e informação ao público, e o ensino da fotografia.

O autor do projeto, o deputado Fernando Torres (PSD-BA), justificou o interesse de garantir direitos ao fotógrafo “por se tratar de uma profissão exercida há muitos anos, porém marginalizada e discriminada por falta de uma legislação específica". A iniciativa exclui da regulamentação a profissão de repórter fotográfico a serviço de empresa jornalística, já estruturada pelo Decreto-Lei 972/69, que trata da profissão de jornalista.

Por: Luciano Nascimento - Repórter da Agência Brasil Edição: Davi Oliveira


Acompanhe o andamento do Projeto de Lei aqui.

25 março 2014

Festival de Fotografia de Tiradentes.

 4º  edição do Foto em Pauta tem nomes de destaque nas projeções noturnas.


O Festival de Fotografia de Tiradentes – Foto em Pauta chega à sua quarta edição. Entre os dias 26 e 30 de março, a histórica cidade mineira será palco de diversas exposições, workshops, palestras, debates e atividades educativas sobre a arte da fotografia – dentre elas, as projeções noturnas. Um destaque da atração será o monólogo “Carne é Sangue - imagens para uma consciência humana”, com Diógenes Moura, escritor, editor e curador de fotografia independente.

Na apresentação do artista, serão apresentadas fotografias de Wagner Almeida, Marlene Bergamo, Antoine D'Agata, Ana Carolina Fernandes, Dóris Haron Kasco, Miguel Rio Branco, Loren McIntyre, Claudia Guimarães, Ana Mocarzel, Rogério Reis, Monica Piloni e Mario Cravo Neto.  

A Projeção Multimídia Noturna, com ensaios de tema livre, recebe a organização de Madu Dorella juntamente com o fotojornalista mineiro Leo Lara. Essa Projeção tem como curadores, Leo Lara, Madu Dorella e Alexandre Belém, fotógrafo recifense, realizador do Blog Olhavê e curador do Ciclo de Idéias. Para a Projeção Noturna, foram 39 inscrições por meio de convocatória pública e cada autor pôde inscrever até dois ensaios em formato de vídeo. No total foram inscritos 52 vídeos e foram selecionados 18 de autores diferentes. Os ensaios serão apresentados nas noites de sexta e sábado, dias 28 e 29 de março.

Voltado também para a comunidade local, o festival proporciona ao público experiências e compartilhamento do conhecimento com profissionais de renome  nacional e internacional, cuja produção artística é representativa no cenário da fotografia brasileira.


PROJEÇÕES NOTURNAS

Adilson Cruz Andrade – “Romeiros de Santa Brígida”- Aracaju - SE
Alejandro Zambrana – “Peleja” – Madrid – Espanha
Alexandre Ferreira dos Santos – “Pequenos Perfis de Cidadãos Comuns” -  Parnamirim – RN
Bruno Do Val Benes – “BH em Infravermelho” – Belo Horizonte – MG
Daniela Pinheiro – “Cartão de Memória II” - São Paulo – SP
Deiaquintino – “O Tempo da Alma” – Nova Lima – MG
Eric Gomes – “Joaquina” – Recife – PE
Fernando de Lima Pires – “Memórias” – São Paulo – SP
João Machado – “Romeiros de Pedra e Luz” – Guarulhos – SP
Klacius Ank – “Invisíveis” – Teresópolis – RJ
Lívia Bittencourt Auler – “Um eu só” – Porto Alegre – RS
Marcos Ramos Varanda – “Peloamordideus” – São Paulo - SP
Mariana Beltrame – “Mil Fragmentos de um Desejo Perdido” – Belo Horizonte – MG
Ricardo Ara – “Sobre pôr”. – Porto Alegre – RS
Ricardo Padue – “Além do Picadeiro” – Brasília – DF
Sérgio Badian – “À Beira” – Belo Horizonte – MG
Sheila Signário – “Crianças da minha Quebrada”– São Paulo – SP
Valda Nogueira – “Porto” – Rio de Janeiro – RJ

Obs.: programação sujeita à alteração

Sobre o Festival 
O Festival de Fotografia de Tiradentes é um dos braços do projeto Foto em Pauta que, desde 2004 acontece periodicamente em Belo Horizonte, realiza debates gratuitos e abertos ao público, permite aos convidados conhecer a obra de grandes artistas e conversar com os autores sobre a concepção do trabalho. Desde 2010, o Festival de Tiradentes, aberto ao público, divulga a produção fotográfica de profissionais e amadores. A realização do evento ganhou força graças à solidificação das parcerias com apoiadores e patrocinadores, bem como a colaboração dos fotógrafos envolvidos, que participam das exposições, ministram palestras e workshops.
O evento é realizado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e da Lei Estadual de Incentivo à Cultura com patrocínio da Oi, Banco Itaú Unibanco, Cemig, Governo de Minas, Nikon, Epson. O 4º Festival de Fotografia de Tiradentes tem apoio do Itaú Cultural, Oi Futuro, TV Globo Instituto Moreira Salles, Revista ZUM, Fiat, Nitro Imagens, Instituto Estrada Real, Iphan, Olhavê, Fototech, PlanB, Hahnemuehle, Solução & Imagem, Fundação Rodrigo Mello Franco de Andrade, Revista S/Nº, Escola de Imagem, Frente e Verso, Studio Anta, Vivarte Molduras, Museu da Liturgia.


4º Festival de Fotografia de Tiradentes
Data: 26 a 30 de março de 2014
Locais: Centro Cultural Yves Alves, Rua Direita, nº168 [Tiradentes/MG] 
Inscrições para as oficinas: http://www.sympla.com.br/fotoempauta
Informações sobre o festival: http://www.fotoempauta.com.br/festival2014/

18 março 2014

Vencedores do Sony World Photography Awards.


© Ivan Pedretti, Itália, vencedor, Panorâmico, concurso de 2014 Sony World Photography Awards

A WPO  anunciou os vencedores das competições do Sony World Photography Awards deste ano, selecionados entre mais de 70.000 inscrições de todo o mundo.

A realização de cada um dos vencedores nas três competições é extraordinária - tanto em termos de número de fotografias que foram escolhidos, mas também que os fotógrafos em si não são profissionais, mas pessoas que são apaixonadas por fotografia, entusiastas e amadores.

© Arup Ghosh, Índia, Winner, Pessoas, concurso de 2014 Sony World Photography Awards
Todas as três competições foram julgados se uma só vez e os prêmios vão desde o mais recente Sony equipamentos de imagem digital à viagens a Londres para participar da cerimônia de gala Sony World Photography Awards no dia 30 de abril. Os dez vencedores Abertas também irão competir por um $ 5.000 (USD) prêmio e o título geral Abrir Photographer of the Year.

Os ganhadores profissionais, Open, jovens e estudantes serão revelados na cerimônia de 2014 Sony World Photography Awards Gala em 30 de abril, em Londres.

© Alpay Erdem, Turquia, vencedor, Sorriso, Open competição de 2014 Sony World Photography Awards

Nigel Atherton, Presidente do Júri, comenta: "A fotografia é uma linguagem que transcende as fronteiras nacionais de culturas, raça, gênero e origem social. Sua poesia toca os corações e mentes de pessoas em todo o mundo, e em nenhum lugar isto é melhor demonstrado que nestes prêmios. "

Veja os vencedores de todas as categorias no site da WPO.


© Li Chen, China, vencedor, Viagem, concurso de 2014 Sony World Photography Awards

17 março 2014

Livro: Fotografia de Newborn - Um guia de poses e técnicas para fotografar.

Lançamento do primeiro livro no Brasil de fotografia de Newborn, de Robin Long.


Livro ajuda entender as particularidades do mercado da fotografia de recém-nascidos e as exigências específicas envolvidas na prática de retratar os primeiros dias de vida dos bebês.

Nesta segunda, dia 17 de março, a iPhoto Editora lançou no mercado seu livro “Fotografia de Newborn – um guia de poses e técnicas para fotografar recém-nascidos” da renomada fotógrafa americana, Robin Long.

O livro é fundamental para todos aqueles fotógrafos interessados em ingressar e/ou se consolidar no mercado de newborn. Nele, a autora aborda os temas mais importantes para entender como acalmar e manusear o bebê, estabelecer relacionamentos de confiança com os pais e definir um fluxo de trabalho para criar uma sessão fotográfica com resultados de alta qualidade. Além disso, a obra também revela diferentes dicas práticas e fontes de inspiração para enriquecer a criatividade dos ensaios, assim como também instruções passo a passo para construir determinadas poses, sempre utilizando a iluminação natural como principal fonte de luz.


Esta obra tem por objetivo esclarecer todas as dúvidas para que os fotógrafos possam ter total domínio nesta área, além de proporcionar uma série de estratégias de marketing para garantir o sucesso do seu trabalho.

O livro “Fotografia de Newborn - Um guia de poses e técnicas para fotografar recém-nascidos”, de Robin Long, pode ser adquirido no site www.iphotostore.com.br ou também pela Central de Atendimento da iPhoto Editora: 0800 601 5622.


Sobre a autora

Robin Long é uma premiada fotógrafa americana, reconhecida pelo seu estilo natural e pela habilidade de contar histórias com fotos dos primeiros dias de vida de um bebê. Além de proprietária e administradora de Robin Long Photography, em Salem, Oregon (EUA), ela é palestrante muito requisitada, ministra workshop nos Estados Unidos e em outros países.





Título: Fotografia de Newborn - Um guia de poses e técnicas para fotografar recém-nascidos.
Editora: iPhoto Editora
Autora: Robin Long
Formato: 20 x 23
Quantidade de páginas: 220 páginas
ISBN: 978-85-63565-21-1
Edição: Primeira edição (Ano 2014)

10 março 2014

Sebastião Salgado lança sua biografia.

Em "Da minha terra à terra" o fotógrafo Sebastião Salgado conta sua história.


Após lançar em 2013 seu maior projeto fotográfico, "Genesis", e completar 70 anos em fevereiro Sebastião Salgado lançou hoje em São Paulo sua biografia.

Escrito pela jornalista francesa Isabelle Francq, a quem Sebastião Salgado concedeu várias entrevistas nos intervalos da montagem do projeto "Genesis", o livro conta a trajetória de um dos fotógrafos mais importantes do mundo na atualidade.

Ao longo dos 25 capítulos em que o livro está dividido, Salgado conta toda sua vida, desde a infância em uma fazenda no Vale do Rio Doce em Minas Gerais, passando por sua militância politica; sua parceria com Lélia, com que é casado a mais de  45 anos; a mudança para a França; sua descoberta da fotografia; a decisão de trocar um bom emprego como economista pela carreira de fotografo; seus projetos e livros; sua mudança para o trabalho com digital; seu trabalho ambiental, até a conclusão de seu mais recente projeto.

Um livro para quem quer conhecer melhor a história deste grande fotógrafo e ser humano.


O lançamento foi feito com uma sessão de autógrafos na livraria Saraiva do Shopping Pátio Higienópolis em SP, onde cerca de 200 pessoas puderam ter seu exemplar autografado por Sebastião Salgado.



Da Minha Terra à Terra
Título original: De ma terre à la terre
Editora: Companhia das Letras
Selo: Paralela
Tradução: Julia Simões
Capa: Alceu Chiesorin Nunes
Páginas: 176
Preço: R$ 24,90