04 abril 2013

Exposição: Coleção Itaú de Fotografia Brasileira




Exposição composta por 94 obras em um recorte do acervo de imagens fotográficas do Banco Itaú do final da década de 1940 até hoje.



A mostra Coleção Itaú de Fotografia Brasileira apresenta, de 6 de abril e 19 de maio, no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, um panorama da fotografia brasileira dos últimos 60 anos, com foco no seu lado mais experimental. Paisagem urbana, ditadura, realismo e surrealismo − assim como a expansão da linguagem, por exemplo em direção ao vídeo, à pintura, à escultura e à gravura − são recortes em destaque na exposição, que tenta sempre criar um diálogo entre as obras.


A curadoria é do jornalista, fotógrafo e mestre em comunicação e artes Eder Chiodetto. De acordo com ele, a mostra procura traçar o desenvolvimento dessa arte no Brasil, ressaltando pontos de ligação entre artistas modernos e contemporâneos. A história do país transparece como o contexto sobre o qual trabalham os fotógrafos. Assim, a seleção pontua o período pré-ditadura, com Geraldo de Barros, José Yalenti, German Lorca, José Oiticica Filho, Thomas Farkas; o durante, com Boris Kossoy e Carlos Zilio; e o pós, com Miguel Rio Branco, Mario Cravo Neto e Claudia Andujar − entre outros artistas.


Além disso, diz Chiodetto, “optou-se por desacomodar as obras da cronologia para evidenciar suas relações formais, assim como a atitude libertária diante da representação fotográfica nos períodos abordados. Uma maneira de salientar que a evolução de uma linguagem não se dá, necessariamente, de forma linear, mas em vertiginosas espirais desenhadas pelo tempo e pela cultura” (leia aqui o texto completo do curador).



Coleção Itaú de Fotografia Brasileira
De 7 de abril a  19 de maio
Instituto Tomie Ohtake 
Rua Coropés, 88
Pinheiros - Oeste
(11) 2245-1900
terça a domingo
11 às 20h
Entrada franca


Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Alem do Olhar - Fotografia. - Powered by Blogger - Traduzido Por: - Templates Para Blogspot