05 fevereiro 2016

6º Festival de Fotografia de Tiradentes aposta na expressão de fotolivros

Conteúdos colaborativos, interação e compartilhamento são os destaques dos quatro dias de programação
 
 
O Festival de Fotografia de Tiradentes – Foto em Pauta chega à sua sexta edição e traz uma programação consistente e diversificada. Entre os dias 9 e 13 de março, a histórica cidade mineira receberá artistas e curadores para discutir a fotografia contemporânea e a expressão desta arte. Consolidado como um dos festivais nacionais mais importantes para a fotografia autoral brasileira, este ano, exposições, workshops, palestras, debates, lançamentos de livros, projeções noturnas e atividades educativas sobre a temática visam destacar a comunicação da fotografia por meio dos livros.

Cerca de oito mil pessoas são esperadas ao longo dos cinco dias de evento. A programação é voltada também para a comunidade local de Tiradentes, que tem a oportunidade de participar do compartilhamento de experiências. De acordo com o curador do festival, Eugênio Sávio, profissionais de renome nacional e internacional, com produção artística representativa no cenário da fotografia, participarão das atividades. “Comemoramos a sexta edição fomentando a beleza desta arte à sociedade. Levaremos atividades que ampliem o conhecimento dos participantes de forma interativa e colaborativa”, explicou.

Entre os destaques da programação estão as exposições colaborativas realizadas por meio de convocatórias públicas. Para seleção de títulos da Mostra de Fotolivros , o festival recebeu 100 livros, sendo 91 de diversos estados brasileiros e outros nove da Argentina e do Chile. Os curadores escolherão 30 publicações para exibição no evento e, depois, na biblioteca Foto em Pauta que está sendo montada dentro do Centro de Estudos da Fundação Rodrigo Mello Franco de Andrade em Tiradentes. Para a realização da exposição “Ritos e Rituais”, o festival recebeu 114 obras de autores de 24 municípios diferentes, sendo 11 estados e o Distrito Federal, e selecionou 63 fotografias de 54 artistas que abordaram a temática com originalidade.

Além das mostras, cerca de 30 artistas foram convidados para ministrar 14 palestras gratuitas e 13 workshops que já estão com chamadas abertas para inscrição antecipada pelo site www.fotoempauta.com.br/festival2016/workshosp. Os cursos de qualificação visam estimular a produção criativa com a fotografia em diferentes possibilidades e explorar a fotografia na arte contemporânea e na capacidade crítica de criar novos mundos.


Ciclo de Ideias
Todos os anos o Festival de Fotografia de Tiradentes realiza o Ciclo de Ideias, encontros-palestras para aproximar grandes fotógrafos contemporâneos, curadores e pesquisadores do público presente. O objetivo é discutir temas comuns e aprofundar reflexões sobre a dinâmica autoral de cada um dos convidados. A concepção e coordenação são de Georgia Quintas e Alexandre Belém e não há necessidade de inscrição. A entrada é gratuita, limitada à lotação do espaço e as vagas serão preenchidas por meio de senhas distribuídas uma hora antes do início das apresentações. Até o momento estão confirmadas participações de Jonathas de Andrade, Numo Rama, Pedro Motta e Rosângela Rennó.


Exposições confirmadas
O olhar do fotógrafo francês Marcel Gautherot para Minas Gerais é o foco da principal exposição desta edição. Com curadoria de Cristiano Mascaro e Eugênio Sávio e apoio do Instituto Moreira Salles, a mostra apresenta fotos feitas pelo artista em Minas Gerais nas décadas de 1940 e 1950, com foco em Congonhas e Ouro Preto.

Nascido em Paris em 1910 e radicado no Rio de Janeiro desde os fins de 1940, Marcel Gautherot marcou sua geração com um apurado senso estético adquirido em sua formação como arquiteto de interiores. Sempre mantendo seu padrão de qualidade e uma rara consciência de “obra”, que o levou a dedicar seus últimos anos exclusivamente à organização de seu monumental arquivo. Em sua carreira desenvolveu um estilo próprio e marcante, mas foi a leitura do romance Jubiabá, de Jorge Amado, em 1938, que despertou sua paixão pelo Brasil. No ano seguinte desembarcou no país pela primeira vez e nos anos seguinte desfrutou de seu nascente prestígio como fotógrafo, publicando em revistas de renome mundial.

Em 1995 realizou na casa França-Brasil, sua primeira exposição individual e após três anos de sua morte em 1996, o Instituto Moreira Salles incorporou em seu acervo 2.200 pranchas-contato editadas e 21 mil negativos em preto e branco que compõem seu legado, além de três mil diapositivos e negativos coloridos. Ao lado de trabalhos sobre o complexo da Pampulha e o prédio do Ministério da Educação e Saúde, as fotografias de Brasília garantem a Gautherot o título incontestável de principal documentador e divulgador da arquitetura moderna brasileira, com imagens publicadas em revistas do mundo inteiro nos anos 1950-1960.

Outro destaque é o lançamento do livro da fotógrafa Anna Kahn, vencedora da primeira edição do Prêmio Foto em Pauta para livro de fotografia. Este prêmio é resultado de uma parceria entre o Foto em pauta, a Editora Tempo d’Imagem e a IPSIS Gráfica e Editora que recebeu, em 2015, 114 projetos de fotolivros de autores estreantes para concorrer à publicação.

Já a fotógrafa argentina Julieta Escardó, responsável pela feira de fotolivros de Buenos Aires, Feria de Libros de Fotos de Autor, vai participar compartilhando sua experiência e o panorama desta linguagem como forma contemporânea de comunicação. Para a ocasião, ela vai apresentar uma mostra com 30 livros de autores argentinos e uma palestra sobre o panorama da edição de fotolivros na América Latina.

Para completar a programação, estão previstos diversos lançamentos de livros em uma  feira de livros de fotografias.

Em breve será divulgada a programação completa no site www.fotoempauta.com.br/festival2016.


Sobre o Festival
Entre os dias 9 e 13 de março, a cidade histórica mineira Tiradentes recebe a 6ª edição do Festival de Fotografia de Tiradentes – Foto em Pauta. Consolidado como um dos maiores eventos de fotografia nacional e referência para a fotografia autoral brasileira, o festival é realizado pelo fotógrafo mineiro Eugênio Sávio, idealizador do projeto Foto em Pauta. Desde 2004 o fotógrafo realiza em Belo Horizonte debates gratuitos e abertos ao público, além de possibilitar aos convidados conhecer a obra de grandes artistas e conversar com os próprios autores sobre a concepção do seu trabalho. Em Tiradentes, o Festival de Fotografia é realizado desde 2011 com a mesma proposta de divulgar a produção fotográfica brasileira, e fomentar o desenvolvimento da linguagem artística no Brasil.

A realização do evento ganhou força graças à solidificação das parcerias com apoiadores e patrocinadores, bem como a colaboração dos fotógrafos envolvidos, que participam das exposições, além de ministrar palestras e workshops. O Festival é realizado com os benefícios da Lei Federal de Incentivo à Cultura e conta com o patrocínio da Oi, Itaú, e Cemig.

Do seu início até hoje, o Festival de Fotografia de Tiradentes impressiona pelos números: já reuniu trabalhos de 239 fotógrafos em 41 exposições, além de lançar 37 livros de fotógrafos e realizar 59 palestras e 74 workshops. Todo este esforço demonstra a importância do festival para o debate e a democratização da fotografia autoral brasileira. E os resultados já podem ser sentidos nesta edição, que já recebeu 638 autores inscritos para três convocatórias abertas para participação do público, com fotografias e livros recebidos de todos os lados do Brasil.


Como chegar
Os eventos do Festival de Fotografia de Tiradentes estarão concentrados no Centro Cultural Yves Alves, na Rua Direita, nº168.
Tiradentes fica situada na região do Campo das Vertentes de Minas Gerais, a 203 km de Belo Horizonte e a apenas 12 km de São João del Rei, outra importante cidade histórica mineira que merece ser visitada. Se você pretende ir de ônibus, pesquise ônibus para São João del Rei.

Serviço
6º Festival de Fotografia de Tiradentes

Data: 9 a 13 de março de 2016
Locais: Centro Cultural Yves Alves, Rua Direita, nº168 - Tiradentes/MG

Inscrições para as oficinas: www.fotoempauta.com.br/festival2014/workshop
Informações sobre o festival: www.fotoempauta.com.br/festival2014/





Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Alem do Olhar - Fotografia. - Powered by Blogger - Traduzido Por: - Templates Para Blogspot