28 maio 2015

IV Encontro Pensamento e Reflexão na Fotografia

Evento no MIS chama publico a pensar e refletir sobre o fazer fotográfico.



Como parte da programação paralela do Maio Fotografia no MIS, em parceria com o Estúdio Madalena, o Museu apresenta o IV Encontro Pensamento e Reflexão na Fotografia. O evento visa estreitar os distintos campos de atuação do fazer fotográfico e promover cada vez mais o entendimento sobre a fotografia inserida a debates de conteúdo informativo e reflexivo.

O Encontro acontece entre os dias 28 e 30 de maio com uma programação que é composta por sessões de discussão, entrevistas e relatos autorais, além de apresentações de artigos inscritos por meio de convocatória e dos Workshops: Editar é preciso, com Claudi Carreras e Zines, Fotolivros e outras histórias, com Vibrant.

Quem não puder comparecer ao evento poderá assistir às palestras ao vivo neste link.

O Encontro



Dando continuidade aos seminários realizados em 2012, 2013 e 2014, o Museu da Imagem e do Som (MIS-SP) e o Estúdio Madalena trazem novamente Rubens Fernandes Junior e Ronaldo Entler, ambos do blog Icônica, para realizar a curadoria do IV Encontro Pensamento e Reflexão na Fotografia.

Com o tema Editar, montar, compor: a coexistência das imagens, esta edição do seminário discutirá o modo como as imagens, quando se aproximam umas das outras, negociam sentidos distintos daquele que seria produzido por cada uma delas isoladamente. Por um lado, essa abordagem impõe a necessidade de pensar a criação fotográfica como um processo que vai muito além do gesto de captação de cada imagem. Por outro, abre também a possibilidade de entender as narrativas visuais como o lugar em que se encontram pensamentos de mais de um sujeito, e às vezes, de toda uma coletividade.

Editar, montar, compor são procedimentos que ora se confundem, ora se complementam. Transitando pelas fronteiras incertas que distinguem cada um desses processos, convidamos os participantes a pensar as diferentes formas de associar fotografias para produzir um discurso – seja numa caixa, numa parede, num livro, numa projeção, num arquivo ou na paisagem urbana. Considerando também a tradição de uso desses termos, somos instigados a articular a fotografia com problemas colocados por outras linguagens, como a literatura, o cinema ou a pintura.

Conheça a programação completa(click na imagem para melhor visualização):






Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Alem do Olhar - Fotografia. - Powered by Blogger - Traduzido Por: - Templates Para Blogspot