09 fevereiro 2012

Kodak vai parar de fazer câmeras

A Eastman Kodak Co. disse que pretende fechar aos poucos seus negócios de câmeras, que inclui máquinas fotográficas digitais, câmeras de vídeo de bolso e molduras digitais de fotos, durante este semestre, preferindo concentrar seus negócios para o consumidor em varejo e impressoras.



Essa iniciativa deve economizar mais de US$ 100 milhões por ano. A Kodak prevê uma despesa contábil de US$ 30 milhões pela saída desses segmentos.

No mês passado a Kodak entrou com pedido de recuperação sob proteção judicial em forma de concordata (Capítulo 11, sob a lei norte-americana), depois que ficou com sem caixa suficiente para financiar um longo e difícil processo de recuperação. Juntamente com sua incapacidade de atrair compradores para as suas patentes, o peso dos benefícios dos funcionários aposentados, a fraqueza da economia global e a decisão de alguns fornecedores de cortar os laços com a empresa foram citados como fatores na decisão.

Na quinta-feira a empresa de fotografia disse que pretende expandir seu atual programa de licenciamento da marcas e buscar licenciados nas suas categorias de "dispositivos de captura" de imagens, que inclui máquinas fotográficas digitais e câmeras de vídeo de bolso.

Os negócios da Kodak para o consumidor incluem a impressão de fotos on-line e nas lojas, impressoras de mesa a jato de tinta, aplicativos para Facebook e acessórios e baterias para câmeras.

Os negócios comerciais incluem impressão digital e funcional, serviços e soluções para empresas, e as divisões de gráfica, entretenimento e filmes comerciais. A Kodak disse que os negócios digitais representam hoje cerca de três quartos da receita total.

Fonte:  The Wall Street Journal

Veja o Press release da Kodak informando as mudanças.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...