13 novembro 2009

Um encontro com Pierre Verger.

Hoje no meio do vai e vem cotidiano na metrópole houve tempo para uma pausa, e esta pausa foi consagrada no centro desta metrópole num encontro com grandes imagens.

Este encontro se deu na visita à exposição: ”Andalucia 1935. Ressucción de La Memória” de Pierre Verger.

No Brasil conhecemos Pierre Verger por seu trabalho em Salvador – Bahia, onde estabeleceu moradia devido ao encontro com a cultura e religiosidade negra que mudou sua vida, o levado a se tornar um estudioso do culto aos orixás.

Porém, o trabalho de Verger vai além deste encontro com a Bahia e a cultura afro, Verger foi um verdadeiro nômade da fotografia. Em 1932, então com 30 anos, após aprender o oficio da fotografia e o falecimento de sua mãe veio a coragem para se tornar um viajante solitário, De dezembro de 1932 até agosto de 1946, foram quase 14 anos consecutivos de viagens ao redor do mundo, sobrevivendo exclusivamente da fotografia. Trabalhou para as melhores publicações da época, mas como nunca almejou a fama, estava sempre de partida: "A sensação de que existia um vasto mundo não me saía da cabeça e o desejo de ir vê-lo me levava em direção a outros horizontes". Assim, Verger viajou pelos quatro continentes, fazendo suas ultimas viagens de pesquisa á áfrica no final dos anos 70.

A exposição em cartaz na Galeria Olido em São Paulo mostra algumas de suas fotografias realizadas na região da Andalucia na Espanha, uma viagem de bicicleta em 1934 ainda no inicio de sua carreira de fotografo viajante.

As fotos nos mostram um panorama do que era a Espanha no inicio da década de 1930, com uma população simples e aparentemente pacata, vemos imagens de pessoas comuns em seus afazeres cotidianos nos mercados, nas praças, nas fontes, com a luz e sombra belissimamente registradas em um preto e branco bem contrastado.

Nas imagens, também já podiam ser vistos indícios dos duros tempos que os espanhóis viveriam em seguida, em algumas fotos de Sevilla podem ser vistas pichações de cunho político, traços dos anos pré-guerra no qual se encontravam, a Guerra Civil Espanhola que ocorreria entre 1936 e 1939.

Uma exposição que merece ser admirada por todos que gostam de belas imagens e um pouco de história também.


Pierre Verger – Andalucía 1935.
Galeria Olido – (1º andar)
Avenida São João, 473 – Centro – São Paulo – SP. Tel.: (11) 3397-0171.
De 30 de outubro a 22 de dezembro de 2009.
Visitação: de terça a domingo das 12h às 20h.
Gratuito.

Aos que não puderem visitar a exposição visitem o site da Fundação Pierre Verger, lá podemos conhecer sua obra e história, o site foi fonte deste texto juntamente com a visita á exposição.




Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Alem do Olhar - Fotografia. - Powered by Blogger - Traduzido Por: - Templates Para Blogspot