sexta-feira, 16 de abril de 2021

Fotografo brasileiro entre os vencedores do World Press Photo 2021

 O fotógrafo brasileiro Lalo de Almeida é um dos vencedores do  World Press Photo 2021.

Com uma série de imagens intituladas "Pantanal em chamas", o brasileiro Lalo de Almeida ganhou o 1º Prêmio do  World Press Photo 2021, na categoria  Meio Ambiente, Histórias.

As fotografias, publicadas pelo jornal Folha de São Paulo, foram realizadas quando quase um terço da região do Pantanal do Brasil - o maior pântano tropical e pastagens inundadas do mundo, espalhando-se por cerca de 140.000 a 160.000 quilômetros quadrados - foi consumido por incêndios ao longo de 2020.

 De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais do Brasil, o número foi triplo de incêndios em 2020 em comparação com 2019. Os incêndios no Pantanal tendem a queimar logo abaixo da superfície, alimentados por turfa altamente combustível, o que significa que eles queimam por mais tempo e são mais difíceis de extinguir. O Pantanal, que é reconhecido pela UNESCO como Reserva Mundial da Biosfera e é um dos biomas mais importantes do Brasil, está sofrendo a pior seca em quase 50 anos, causando incêndios descontrolados.



Lalo de Almeida (1970) estudou fotografia no Instituto Europeo di Design em Milão, Itália, onde começou a trabalhar como fotojornalista para pequenas agências de notícias diárias. 

Mais tarde, ele cobriu eventos domésticos e internacionais, incluindo a guerra na ex-Iugoslávia. De volta ao Brasil, ingressou no jornal Folha de São Paulo, onde trabalhou por 25 anos na produção de outros projetos documentais, entre eles 'O Homem e a Terra', sobre as populações tradicionais brasileiras e sua relação com o meio ambiente.


Em 2012, Lalo ganhou o XII Prêmio Marc Ferrez, da Fundação Nacional de Artes, com a realização de um projeto sobre os impactos sociais da construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, no Brasil. 

Seu ensaio sobre as vítimas do zika vírus foi premiado no 2017 World Press Photo Content, Contemporary Issues e o vídeo produzido ganhou o primeiro prêmio no POY Latam na categoria de vídeos curtos. Em 2019, seu projeto 'Amazonian Dystopia' foi finalista do Eugene Smith Grant em Fotografia Humanística.


Conheça melhor o trabalho do fotógrafo Lalo de Almeida 

Fonte: World Press Photo Foundation




Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Alem do Olhar - Fotografia. - Powered by Blogger - Traduzido Por: - Templates Para Blogspot