08 dezembro 2014

Exposição fotográfica é cancelada no dia da abertura.

Acesso à exposição Olhares Cruzados foi negado até aos próprios artistas.


A exposição Olhares Cruzados, que seria inaugurada neste sábado (6), reúne 36 imagens do fotógrafo brasileiro Renato Negrão e do canadense Luc Dubois. Renato passou alguns dias fazendo registros em Montréal, enquanto Luc fez o mesmo em São Paulo. O material seria exibido na Estação Pinacoteca, no espaço reservado à Fundação Nemirovsky, não fosse o cancelamento por parte da direção da Pinacoteca.

A Secretaria de Estado da Cultura impediu a realização da mostra, a exposição teve apoio do Consulado do Canadá, mas o governo do estado disse que não tinha autorizado o evento e mandou fechar a sala onde ele ocorreria.

A mostra seria realizada pela Fundação Nemirovsky, dona de uma das mais importantes coleções de arte do país. A fundação, que ocupa um espaço no 2º andar da Estação Pinacoteca, onde fica o Memorial da Resistência, montou a exposição de fotos na biblioteca do museu.


Ao chegar, na manhã de sexta, para conferir o resultado, o artista estrangeiro foi barrado na entrada. “Isso causa um transtorno de imagem não só para nós, mas também até para os patrocinadores e os apoiadores que estão envolvidos com a exposição”, disse Fernando Baurreco, presidente da Fundação Nemirovsky.

A exposição tem o apoio do Consulado Geral do Canadá, da Câmara de Comércio Brasil-Canadá e do escritório de Quebec e os convites para as autoridades deste país já foram enviados. Por isso, há a preocupação com uma repercussão diplomática do caso.

A Secretaria da Cultura afirmou que ficou sabendo da mostra pelo convite e, por isso, determinou o cancelamento. Em um ofício enviado à fundação no começo desta semana, disse que não foi consultada e que o espaço é destinado à biblioteca. Como a montagem não foi suspensa, a secretaria restringiu, então, o acesso do público e dos organizadores da mostra ao espaço.

A exposição está suspensa por tempo indeterminado. “Infelizmente os procedimentos institucionais, em especial quando se fala de um equipamento público, estão em primeiro lugar”, disse a coordenadora de museus da secretaria, Renata Motta.


Entramos em contato com o artista Renato Negrão, ele preferiu não dar nenhuma declaração sobre o assunto, mas recentemente postou a seguinte mensagem em sua pagina do Facebook:

"Queridos, ainda não tenho notícias sobre a exposição, mas a decisão de que ela não acontecerá na Pinacoteca se mantém, nem mesmo nós, os artistas, pudemos entrar pra ver... Saio agora de férias e quando voltar e souber a nova data e lugar aviso por aqui. Obrigado pelas dezenas de comentários de apoio, vocês são bastante atenciosos comigo. Boas festas e agora é tempo de comemorar!! Abraços a todos!"


Fotos: Renato Negrão e Luc Dubois.

Fontes: Veja, G1 e contato com artista.






Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Alem do Olhar - Fotografia. - Powered by Blogger - Traduzido Por: - Templates Para Blogspot