10 novembro 2014

A primeira vez em um congresso de fotografia.

Nosso leitor conta a experiencia de participar de um congresso de fotografia.


Entre os dias 03 e 05 de novembro, aconteceu a 3ª edição do congresso fotográfico Estúdio Evolution, que reuniu em São Paulo grandes nomes da fotografia brasileira e  centenas de fotógrafos em busca de conhecimento.

Estivemos presentes ao evento, onde pudemos, além de obter conhecimento, rever amigos e conhecer novos. Um deles foi levado pro nós, o amigo e leitor Sebá Neto, que pode pela primeira vez participar de um congresso fotográfico.

Convidamos o fotógrafo a compartilhar sua experiência com nossos leitores, afinal, como dizem: a primeira vez agente nunca esquece!


Estúdio Evolution Congresso de Fotografia

Na tentativa de passar o que foi vivenciar um congresso de fotografia por dois dias eu comecei a pensar comigo mesmo que o processo de aprendizado da história humana em qualquer área tem uma coisa que fica muito clara, quanto mais as pessoas buscam informação e formação, conhecimento, discernimento e entendimento, sem sombras de dúvida tudo funciona melhor pois gera experiência e sabedoria para realizar os projetos.

Deparamos com um exemplo bem do nosso lado todos os dias. As grandes cidades e suas construções não planejadas, apenas para tentar demostrar um simples exemplo de despreparo humano que pode desencadear uma série de consequências no convívio com outras pessoas.

Essa introdução vem bater de frente com o dia a dia de nós fotógrafos.

Participei pela primeira vez de um congresso de fotografia, o Estúdio Evolution que ocorre uma vez por ano em São Paulo, infelizmente por conta de protestos de funcionários dos ônibus público da cidade eu acabei perdendo o ultimo dia.


Durante os dois primeiros dias foi uma verdadeira enxurrada de informações e revi alguns amigos. E algo me fez pensar, o quão importante é estarmos sempre atentos as novidades, procurar cada vez mais entender o mercado e buscar inspiração de colegas que apesar das dificuldades conseguem inspirar e motivar com os seus exemplos de persistência e continuidade em acreditar em seus projetos como é o caso do fotografo Júnior Luz que palestrou e comentou que depois de ter todo o seu equipamento roubado, uma soma considerável de  40mil foi embora e com muita luta  ele conseguiu se refazer e deu a volta por cima e mostrou um belíssimo trabalho autoral além de seus incríveis ensaios, realmente muito inspirador.

O mais interessante de um evento desses é a gama de informações de diferentes áreas de atuações para o profissional que atua como fotografo de evento. Por exemplo, conhecer novos filões como a fotografia de newborn e o cuidado que ela demanda, pois fazendo um paralelo com as construções não planejadas, se o fotografo resolve explorar este segmento ele terá que estudar e muito para oferecer um serviço seguro visto que trabalhar com fotografias de bebês não é nada fácil e exige muita paciência e profissionalismo e atenção para não cometer erros e terai ainda que buscar cada vez mais aprimoramento.


Temas voltados para produção, gestão, marketing faz com que o profissional passe a perceber que antes dele ser um fotógrafo ele precisa ser um empresário e aprender a gerir todo o seu negócio maximizando os resultados e evitando cometer erros.

Foi muito bom ouvir também experientes fotógrafos como o talentoso Bob Wolfesson, Simone Di Domenico e tantos outros que palestraram e mostraram na prática como é seu fluxo de trabalho e ainda conferir como é o processo de um book sensual com Drauzio Tuzzolo e um set de fotografia de gastronomia com  Diego Rousseaux.

Vivi uma experiência incrível!


Por Sebá Neto,  fotógrafo, formado em Produção Audiovisual pela Universidade Paulista e em Marketing pela Etec Parque da Juventude.





Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Alem do Olhar - Fotografia. - Powered by Blogger - Traduzido Por: - Templates Para Blogspot